O Sorriso e o mico

Entrei em um ônibus ontem, linha 254 Praça XV, para ir trabalhar de manhã, na Lapa (estava em Quintino Bocaiúva).
Sei que a linha não tem ponto na rua em que trabalho, a Riachuelo,
mas é só solta nos Arcos da Lapa e ir andando.
Como não é a linha que utilizo de costume, depois que sentei, perguntei para a moça que estava ao meu lado na janela, se em geral o trajeto do ônibus até o centro era congestionado.
Ela sorriu lindamente – nossa que sorriso simpático daqueles que valem como um bom dia -pensei.
Ela balançou a cabeça que sim e sorriu de novo.
Pára, anda, pára, anda, pára e não anda…anda um pouquinho e pára.
Entra mais um passageiro é um senhor.
Então, percebi que ela queria a atenção deste passageiro que estava em pé, e acabava de entrar.
Perguntei: – Ele (apontando)
Ela balanço a cabeça que sim de novo com um sorriso mais lindo ainda.
Chamei o senhor, nada…
Cutuquei…ufa, consegui.
De repente tudo pareceu fazer sentido
Eles começaram a conversar de forma agitada e contente…
Com as mãos!!!
Eram surdos e mudos.

Anúncios

Sobre Conversa no Banheiro

Uma jornalista fora do perfil. Repórter por essência.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O Sorriso e o mico

  1. Anonymous disse:

    Tem coisa que só acontece com vc. Não preciso nem pergunta se foi vc ou a morena que posto isso, né Tata. Obrigado por divertir agora os nossos dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s