Quem está achando que o Hutuz latino americano, que acontece todas as terças-feiras, no CCBB é programa furado, pode tirar o cavalinho da chuva, mlehor ainda, tira o bubum do sofá pega um ônibus e comparece, pois o som é de qualidade.
Esta semana, o rapper contestador de SAMMY HOUSTON E ZATURNO, cheio de suingada, mucsicalidade rica fez o pláteia ficar até o final da apresentação, por mais que o teatro do CCBB seja um terreno meio insoso para a galerinha do spray. Só quem esteve viu. E acreditem não se arrependeu. O show contou com a recepção e apresentação de MV Bill , que falou sobre a história do hip hop na América Latina e mostrou algumas músicas que ajudaram a traçar esse panorama.
Para quem não conhecia o som dos rappers, surpresa e admiração. Com um repertório baseado no último disco “Sabor Latino”, de 2005, o público foi presenteado com um hip hop visceral associado a uma batida bem marcante e com vários elementos andinos e de ritmos característicos chilenos. Zaturno dominou o palco e se empolgou ao falar de sua participação no Hutuz. “Estou muito feliz de estar aqui. Muito mesmo. É bom mostrar a própria arte para outros países. E o Brasil, mesmo estando muito perto, ainda não conhece o rap feito na América do Sul. A recepção está sendo ótima” – disse.
O chileno Zaturno com uma voz versátil, um ícone referência do estilo não só no seu país, mas em locais como Argentina, Uruguai e Venezuela, após o show deu entrevistas e até uma taça de pro-seco para a aspirante a jornalista aqui. E ainda, os dois rappers tinham a presença marcante de uma loirinha mostrando que rapper é coisa de ¨chicas¨ sim! Porém, segundo Soledad, é difícil ver um vocal feminino numa batalha por lá. ¨Nunca vi. Nem mesmo duelando com um homem. Isto é uma técnica que falta ainda as nossas meninas de lá¨, disse. Não tem problema. Intercâmbio serve para isso, não é mesmo
No final do show, o público invadiu os camarins para pedirem cds – inclusive para os representantes da impressa que compareceram ao local, camisas e conversarem com os artistas. “Trouxemos poucos” – brincou Soledad. Sammy também deu seu recado. “Esperamos voltar ano que vem ao Hutuz. Muito bom estar aqui. O Chile vai conhecer mais sobre o que vem sendo feito no Brasil”
Então tá falado. Na próxima terça, encontro marcado no CCBB. Fui! Que venham o Los Zombres.
Anúncios

Sobre Conversa no Banheiro

Uma jornalista fora do perfil. Repórter por essência.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para

  1. Byra Dorneles disse:

    Morena Camilamuito legal o blogg, agil e informativo!Sinto tua falta e as vezes, acho q a Fullgas deveria voltar a ser Full pra nos TER!Atualizei meu blogg com uma carta antiga e sempre penso em vc qdo escrevo algobjs de quem te quer muitoseusempreBy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s