Abusada por leitura

Em uma quarta-feira, de sol, durante o ano de 2008, lia o livro “Abusado”, escrito pelo jornalista Caco Barcellos, que conta a história (de forma romanceada) do brasileiro apelidado de Marcinho VP, o tal dono do morro Santa Marta.

No texto,  dizia que há muito tempo queria ler esse livro. Principalmente, porque quatro dos meus professores de comunicação haviam recomendado a leitura dele, exemplo de uma boa historia, de uma ótima apuração jornalística, além  de excelente reportagem. A leitura do livro à época foi tão forte que me pus a escrever sobre a sensação de lê-lo.

Bom, como já devem ter percebido os leitores fiéis ou esporádicos desse blog, uma das boas coisas que minha formatura me deu foi tempo. Tempo de ser, tempo de estar e tempo de pensar. E, de até, ler e reler. Estou colocando a vida em ordem após intensos 18 meses, aos quais me dediquei, principalmente, ao término dos meus estudos, e claro a produção da minha monografia.

Há uma pasta no banco ao lado da minha escrivaninha com a seguinte etiqueta: “Anotações, papéis e coisas para organizar – URGENTE”. Bom, minha urgência demorou creio eu quase 12 meses. Mas enfim, antes do ciclo de 2010 fechar estou agora remexendo nesse “baú de coisas a fazer”. Dentre diversas tarefas colocar em ordem encontrei esses textos sobre o livro Abusado que escrevi há quase dois anos.

Resolvi publicar. Por dois motivos: 1) é tempo de voltar definitivamente desta vez – assim espero- a escrever nesse blog, que é uma das coisas que mais gosto. Escrever por escrever e que se foda todo o resto ou se alguém vai se interessar em ler. Aqui, sou a Tatiana. A menina, a mulher, a filha, a irmã, a jornalista – não tem jeito a comunicação não desgruda de mim -, mas principalmente sou apenas um blogueira conversando consigo dentro ou não do banheiro. O segundo motivo é porque fiquei impressionada como certas coisas são atuais e tem ligação com o presente socio-político do Rio de Janeiro midiático do atual governo.

Passou-me também na cabeça a ideia de escrever um novo blog: “A historia dos livros que leio” ou “História as histórias que li” ou ainda, “Livros: historias contadas histórias construídas”. Seria um blog para contar o que passa na minha mente quando leio um livro, um texto, artigo etc. Uma forma de trocar experiências.

Mas logo desisti. Porque, só de começo os títulos são péssimos. Além disso, tenho o Conversa no Banheiro há quatro anos. São sempre idas e vindas. E se eu nunca sustentei esse para quê raios eu gastaria tempo criando outro? O tic tac do meu relógio está mais lento, mas também é preciso ter inteligência para usar, certo?

Portanto, será aqui mesmo que vou publicar esses antigos textos. E quer saber? Também será aqui que vou publicar os futuros textos que tiver vontade escrever sobre os livros que leio e reportagens. Porque abandonei a ideia de abrir outro blog, mas a ideia de contar histórias e trocar experiências até que não é má. É uma boa maneira de dar dicas também ….ou não?

Nos próximos posts a série De lá para cá…

Imagens: Reprodução internet

Anúncios

Sobre Conversa no Banheiro

Uma jornalista fora do perfil. Repórter por essência.
Esse post foi publicado em comportamento, comunicação, Jornalismo, Literatura, Política, Rio de Janeiro, Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Abusada por leitura

  1. Sandro Henrique Meireles Almeida disse:

    Excelente texto para informar que está de volta. Apesar de não ter informação os recursos me fizeram ler ate o fim, esperarei por seus posts, pois aqui parece ser um lugar interessante de debate e troca de experiências. Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s