Bloco Marias vem com as outras: atitude!

Estou inquieta desde cedo. Inquieta positivamente. Hoje é 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Em geral, nesta data, estou na rua escrevendo sobre alguma manifestação, lendo textos políticos, anotando informações no bloquinho, que juntas e organizas se tornarão um artigo jornalístico. Uma saudação a importância do dia e as atividades políticas de coletivos de mulheres.

Mas hoje é Carnaval. Estou em casa e de folga, inquieta porque não sei se vou para o Maria vem com as outras, bloco carnavalesco que vai comemorar o Dia da Mulher ou se fico em casa me deleitando no prazer de descansar nos braços do meu namorado. Acho que a decisão já foi tomada pela manhã quando ele me acordou com café na cama. Só não tinha me dado conta até começar a escrever essas linhas.

Depois do café escrevi um pouco. Em seguida fiz comida enquanto o homem da casa – meu namorado – lavava a louça e cuidava da casa. Depois, ele foi jogar game no pc e eu novamente escrever até que, sou chamada ao quarto para ver uma foto.

Foi quando de camisa de malha suja (afinal estava cozinhando),  com um cigarro na mão e uma bebida de vodka ice na outra, ouvi a frase: “Nossa namorada você está tão bonita!.

Não é primeira vez. Isso já aconteceu antes. Na outra ocasião, estava com a uma camisa de malha estilo vestidão suja de molho de tomate. Meu namorado vinha em minha direção na cozinha quando parou, me olhou e disse: “Nossa se tá linda” (Me apaixonei naquele dia de novo por ele). Não sei o que outras mulheres pensam, mas eu achei foda!

Tive naquele momento um homem com tesão em mim e me admirando como sou: bonita, mas não essencialmente perfeita. Essas situações, em especial, no dia de hoje me fazem pensar nos estereótipos, paradoxos e conflitos de ser mulher em uma sociedade dita libertária, que nos prende em modelos de consumo materiais e fictícios. Engessamentos que nos leva a busca por uma beleza cara ao bolso, a alma e a mente.

Por si só já sou um paradoxo. Tenho 29 anos (vou completar daqui a exatos 19 dias, 30 de idade). Sou gorda. Tenho celulite e estrias. Acordo descabelada como muitas mulheres. Permito-me e me limito há diversas coisas na vida, que vão das quatro retas do quadrado da cama a minha relação com todo e tudo! Tudo mesmo!

Acabo de me formar. Pago minhas contas. Ganho mais que a maior parte dos homens da minha família. Não ganho muito. Eles que ganham péssimos salários. Estou prestes a finalizar minha independência indo morar sozinha. E mesmo assim, tenho inseguranças, orgulhos e se “não(s)” como todas as mulheres durante todos os dias.

Conto tudo isso para tentar explicar que o Dia Internacional da Mulher é necessário e importante para luta social das mulheres: Sim, precisamos terminar com a violência contra a mulher, preconceitos, ganhar salários iguais aos dos homens, ter o direito de abortar sem se arriscar ou ser presa, entre tantas outras lutas.

Mas, sobretudo, precisamos também entender que tudo passa primeiro por nossas escolhas, e não pelas diretrizes da sociedade difundidas por homens e até mulheres. Afinal, temos tantas mulheres que são algozes de outras, em geral, porque são mal feitoras delas próprias sem perceber, não é?

Mulher é um conjunto de dualidades porque é a essência do ser humano. Por isso, precisamos sim ainda lutar e muito por equidad e, por uma realidade mais humana e por igualdade na prática (há de se dizer). E quando uso o termo “na prática” me refiro a namorar a vontade, beijar muito e dar o quanto se queira (com camisinha é semrpe bom lembrar), inclusive sem ser julgada. A regra deve ser o respeito a si própria, a seus limites e seu tempo. Mas para isso precisamos antes de qaulquer coisa nos aceitar e nos enxergar quanto quem somos.

Se aquela academia não tem um ambiente que se sinta bem , liga o “foda-se”. Dá a volta e procura por outra. Se aquele cara diz que você é feia e daí? Quantas vezes você não disse que um homem é feio? Se o vestido ou a calça não ficou bem, veste sua roupa sai da cabide e procura uma loja que te sirva, ou melhor, que tenha roupas condizentes com seu corpo. Talvez, seja hora de você vestir um número maior mesmo. Não se trata de se embarangar e sim de se enxergar. Talvez, depois disso a ansiedade passe e você pare de devorar doces e salgados e por consequência emagreça.

E mesmo se não emagrecer, vai uma dica de quem já passou por alguns infortuitos com a balança: olhe para os lados. De repente é você que não enxerga o olhar de desejo do outro.

Esse texto é um manifesto ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em um carnaval chuvoso a base de vinho, charutos cubanos, sexo, cinema, bloquinho, maquiagem, comida, dormidinha a tarde, família, amigos, planos, cervejinhas e muita muita valorização!

O melhor twitter do dia

“El amor que alberga el corazón de una Mujer es fuerza sublime para salvar la Causa Humana. Son ustedes la Vanguardia de esta Batalla!!”,

Hugo Chavez, pelo twitter hoje, 8 de março de 2011.

 

Texto: Tatiana Lima
Imagens: extraídas da internet
Fotos: Café da manhã, calcinha e eu: arquivo pessoal 2011 e 2010
Anúncios

Sobre Conversa no Banheiro

Uma jornalista fora do perfil. Repórter por essência.
Esse post foi publicado em comportamento, Cotidiano, filosofia de botequim, Política. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Bloco Marias vem com as outras: atitude!

  1. Bianca Lessa disse:

    Entendi pq me pediu que lesse… rs
    Não tenho neuras, só não consigo me acostumar com meu corpo com alguns quilos a mais… mas de fato, não deixo de comer e beber por conta disso, muito pelo contrário!
    As balas e chocolates sempre me acompanham… a coca-cola é parceira… e as massas, estão sempre à mão.
    Também sou contra a mercantilização do corpo, apesar de avaliar a dificuldade de se comprar roupas tamanho G ou GG… mas me respeito bastante…

    Ah! E trouxe o vestido para vc tirar o molde… hehehe
    Beijos Bia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s